quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Caulfield

Mais uma vez eu vim aqui, já sabe pra que, né?
Sim, eu vim reclamar.
Eu criei esse blog pra reclamar aquelas coisas que ninguém que esteja por perto é afim de ouvir.
Desculpa blog, não é tua culpa.
Mas foda-se, tu não tem sentimentos... Que bom pra ti! Aproveite.

Ja eu, tenho e fico revirando-os.

Reviro as decepções amorosas, as brigas bobas com amigos, as atitudes idiotas dos desconhecidos, as atitudes cretinas dos conhecidos, as rejeições das meninas bonitas que curtem carro e dinheiro, as minhas decisões erradas, as merdas que minha madrasta me dizia anos atrás, as indiretas que ela ainda dá hoje em dia... Reviro, reviro e deixo tudo mais bagunçado e cheio de dor, raiva e desprezo pela humanidade.

Holden Caulfield entende isso. Não que isso tenha ajudado ele ou eu ou qualquer outro.
Tenho medo de ser como Caulfield, mas a cada dia me sinto mais próximo disso.

Sabe, eu sou o rei do "quase".

Quase que eu pago todas as minhas contas...
Quase que eu sou bem sucedido no meu trabalho...
Quase entro na faculdade...
Quase arranjo uma namorada...
Quase morro afogado em Riozinho...
Quase mantenho minha casa limpa...
Quase perdoo as cagadas das pessoas...

É isso, tudo é "quase". Não sou nem o fracasso total nem a vitória, mas o "quase".
Antes fosse um fracassado, pois teria razões para me sentir um, mas nem isso.

Sinceramente, eu to de saco cheio dissso.
Não aguento mais as pessoas me dizendo pra eu ter paciência pq na hora certa as coisas se ajeitam. BESTEIRA! Isso é coisa de quem acredita em deuses, papais noeis, coelhos da páscoa e políticos. BESTEIRA!

TO DE SACO CHEIO!

Eu quero uma vida melhor, com bastante coisas boas pra fazer, com menos empecilhos bestas, com ar mais puro, com grama verde e com alguém pra dividir isso tudo. É isso.
Boa noite.

12 comentários:

Libna Liz disse...

Não sei nem quem vc é, achei seu blog por acaso, mas quer saber? Sempre leio os seus desabafos!


Tá na hora de atualizar?

Libna Liz disse...

Tô contigo no "quase"...
Mas sabe, esse papo de: tenha paciencia, uma hr tudo muda e tal?? Até que é verdade! A vida vivia sendo " a madrasta", e de uma hr pra outra virou "mãe"! Juro, as vezes acontece! Um bjo.

Karen disse...

Encontrei o teu blog por acaso, já que estou terminando o meu e acabei lendo o seus desabafos.... e que desabafos!!! hj não irei iniciar com blábláblás, mas voltarei!!! Boa sorte e continue buscando e saia correndo do quase!! isso cabe a vc!! bjs

J. Junior disse...

O teu motivo

Quero te lembrar que nem sempre tu vais conseguir explicar os teus porquês.

Todos querem respostas...

Nos pressionamos para tê-las.

As pessoas criam expectativas...e estas precisam ser preenchidas. Quando não são, deixam uma lacuna e a necessidade de um motivo exposto.

É uma bola de neve.

Se hoje eu passar por ti e não estiver disposto para dedicar um tempo à uma conversa ou quaisquer outro tipo de interação, o mais fácil vai ser tu reprovar a atitude do que entender que não consigo preencher tuas expectativas todo tempo.

É o meu tempo...

Ele corre diferente do teu tempo.

As pessoas precisam de respostas. As pessoas criam dependências. As pessoas não conseguem mais achar pequenas brechas para simplesmente serem elas mesmas em total completude.

Se criou uma teia que tem emaranhado a todos.

Se criou um mundo de agrados...se criou um mundo de aparências. Se criou o mundo urbano e moderno.

Todos estão cansados de serem cobrados...

...todos cobram.


BACANA TEU BLOG cara. Que 2011 seja um espaço de crescimento e iluminação. Falou.

Rejane disse...

Aahaha muito bom.. mas eu achei mais legal a parte de quem ninguém quer escutar.. na verdade isso é mt frustrante.. as vezes é bom poder "conversar" com alguém próximo sobre essas loucuras.. é bom filosofar!!!!

Taquitos disse...

Relaxe bixo... Eu ja me senti assim um dia.

Resumo da minha vida amorosa... Namorei, acababei, viagei, voltei, voltamos o namoro, tivemos uma filha, ficamos 5 anos juntos, não casei, acabei o relacionamento e agora vou viajar novamente em busca de uma princesa do outro lado do mundo...em Dubai

Na vida profissional, me formei, viajei, trabalhei, fiquei sem trabalho, fiz pos graduação,fui feirante, auxiliar administrativo e agora trabalho com vendas externas para um grande empresa. (não ganho tanto quanto ela, mas estou no caminho)

A vida é assim meu caro...

Agente nasce, cresce, estuda, se forma, namora, casa, tem filho, trabalha duro pra pagar as contas, é criticado, as vezes separa,envelhece e por final morre!

Aproveite a beleza da vida, não fume, pratique esportes, beba vinho, Trabalhe SEMPRE (isso vale pra sua casa, limpando, varrendo, ajudando) e seja feliz.

Por final... "evite" reclamar. Mas aceito o seu desabafo.

Grande Abraço,

Carlos Rafael Barrios
31 anos

Anônimo disse...

HUAHUhuaHUA tenho um interrogaçao no braço pia . e seu blog qse q representa o significado dele . Isso se eu soubesse o significaaado do meu .

Tay disse...

-'Aí eu encontro essas postagens em 2016, e me vem a lembrança de cada sorriso seu.
-'Quase' todos vivem assim , em algum dia da vida, da semana, do mês, em alguma hora... ou a vida toda mesmo.


Saudades! E desculpe qualquer coisa que eu tenha feito, e tenha te magoado.

Kotoko ( ou Carlos Augusto ) disse...

Olá dona Tay!
Acabei de descobrir um comentário teu não meu blog.
Achei lindo o que li e fiquei surpreso que depois de tanto tempo tenha lembrado. Mais legal foi ver o mesmo estilo de escrita daquela época, quase pude te ouvir falando!
Não, não tem do que se desculpar. Foi tudo aprendizado e aconteceu como era possível na época. Fico feliz de ler tuas palavras. Pena eu só ter visto agora.
Espero que estejas bem!
Mande algo pra carlosdestro@gmail.com
Perdi teu contato...
Saudades também.
Um abraço!

Kotoko ( ou Carlos Augusto ) disse...

Olá dona Tay!
Acabei de descobrir um comentário teu não meu blog.
Achei lindo o que li e fiquei surpreso que depois de tanto tempo tenha lembrado. Mais legal foi ver o mesmo estilo de escrita daquela época, quase pude te ouvir falando!
Não, não tem do que se desculpar. Foi tudo aprendizado e aconteceu como era possível na época. Fico feliz de ler tuas palavras. Pena eu só ter visto agora.
Espero que estejas bem!
Mande algo pra carlosdestro@gmail.com
Perdi teu contato...
Saudades também.
Um abraço!

Tay disse...

-'Que massa neh!? Poder encontrar,pela internet, a pessoa que você quer se comunicar...
-'Realmente, a minha escrita continua meio besta(e eu sei, que sou eu quem estou dizendo isso)
mas eu pesquisei durante um longoo tempo, com a incerteza de que um dia você veria a postagem.
-'Como tu está?
-'O que anda fazendo?
-'Quais as novidades?

Fica bem!
Abraços!

Kotoko ( ou Carlos Augusto ) disse...

Legal mesmo poder falar denovo contigo!
Mas só te conto as novidades por e-mail :p
Infelizmente não tenho o teu então aguardo tu me mandar um oi.
Abração!